Futebol: 9 pessoas detidas (incluindo jogadores) por manipulação de resultados

Um total de nove pessoas foram detidas esta terça-feira, na sequência de uma operação policial. Em causa, está uma manipulação de resultados e consequente fraude em apostas desportivas.

O caso está a abalar o desporto espanhol, neste início de semana. A Operação Oikos está a revelar situação muito graves, a envolver clubes reconhecidos no futebol espanhol.

Entre os detidos, destaque para dois futebolistas, Pichu Atienza e Iñigo López, o antigo presidente do Huesca, Agustín Lasaosa, um diretor financeiro, um antigo jogador espanhol, um agente desportivo e o chefe do departamento médico, todos eles do Huesca.

Outro clube envolvido é o Reus, que teria dois antigos jogadores envolvidos e também detidos, no âmbito desta operação policial. A investigação continua, agora, a decorrer e terá novos desenvolvimentos, a justificar estas novas detenções, uma vez mais muito relacionadas com o Huesca e supostamente com os jogadores “comprados” do Reus.

Fonte: emdireto.pt

Partilha com os teus amigos!