Bruno de Carvalho apresentou-se no DIAP: “Soube que havia um mandado para sexta-feira”

Espera aí…então ele SOUBE que havia um mandato para sexta-feira? E o Benfica é que tem toupeiras? Um dia depois da detenção de Bruno Jacinto, Bruno de Carvalho apresentou-se voluntariamente esta quinta-feira no DCIAP e no DIAP, em Lisboa, no sentido de prestar declarações no âmbito dos ataques à Academia de Alcochete.

O antigo presidente do Sporting contou que soube que seria emitido esta sexta-feira um mandado em seu nome, pelo que resolveu antecipar-se e apresentar-se junto dos procuradores. Não chegou a ser ouvido uma vez que o processo está ainda nas mãos do juiz de instrução.

“Fui ao DCIAP e chegámos à conclusão que o processo estaria aqui, no DIAP, mas afinal está com o juiz de instrução”, começou por explicar Bruno de Carvalho, lembrando que o pedido que fez para que fosse assistente neste processo foi indeferido. “Só fomos notificados hoje do indeferimento. As razões não são as que foram apontadas pela comunicação social… Como o processo não está aqui, não pudemos ser ouvidos”, começou por dizer.

bdc

Fonte: record.pt
Gostaste deste artigo?

Nós gostamos de partilhar histórias como estas todos os dias no Facebook
Clica no botão "Gosto" abaixo para seres o primeiro a saber!