Bruno Fernandes torna a fazer das suas, e consegue não levar cartão vermelho

O jogador que, segundo os “entendidos” é o melhor jogador português da actualidade, e o tal que segundo esses mesmos “entendidos” foi o melhor jogador da liga na época passada (ao contrário do que diz a UEFA, como pode ver aqui), tornou a demonstrar em campo a razão pela qual não há nenhum clube disposto a pagar a cláusula ao Sporting.

É que não fica nada bem a um capitão de equipa, por tudo e por nada (especialmente quando não tem razão), protestar desta forma com aqueles que estão dentro de campo a tomar as decisões. Não fica bem perante os seus colegas, não é uma atitude de capitão…mas se resulta? No nosso campeonato parece que sim…pois passou o jogo todo a fazê-lo, e os cartões amarelos ficaram na algibeira de Luís Godinho.

O mesmo Luís Godinho que viria a mostrar-lhe um cartão amarelo (o único que viu) após uma saída do guarda-redes do Braga, em que Bruno Fernandes podia perfeitamente ter encolhido ou desviado as pernas, mas optou por ir de sola desta forma, a um colega de profissão:

Repare ainda na comentadora a tentar branquear o que tinha acabado de fazer Bruno Fernandes…uma entrada daquelas e não se passa nada para ela, é normal!

Tudo bem que é preciso ajudar o Sporting, mas não pode ser o país todo (árbitros, liga, federação) a ajudar, e o Bruno a “desajudar” fazendo estas figuras em campo…e lá fora estão atentos, não é por acaso que ninguém se chegou à frente.

Partilha com os teus amigos!