Carrillo gera atrito entre Bruno e Jorge Jesus

afewwefwef

Treinador leonino sente-se condicionado pela decisão do presidente e quer continuar a contar com o extremo. Depois de ter afirmado na véspera que o peruano estava e sempre esteve nos seus planos para o jogo com o Lokomotiv, ontem o técnico deu o dito por não dito: “Não jogou por opção minha”.

A autonomia de Jorge Jesus foi posta em causa pela exclusão de Carrillo do encontro de ontem por ordem do presidente Bruno de Carvalho e esse facto, está na génese de um atrito latente entre ambos. Jesus “sempre” teve e tem Carrillo “nos planos”, como assumiu anteontem, mas Bruno de Carvalho, após a rutura negocial com o atleta e o agente FIFA Elio Casareto, entende que a SAD não deve valorizar um ativo que recusa prolongar o vínculo laboral.

A decisão “administrativa” já teve impacto no grupo, com vários atletas a mostrarem-se indignados com o tratamento que está a ser dado a “um dos seus”. Jesus, esse, aproveitando o que se passou ontem em Alvalade, ainda alimenta a “réstia de esperança” na renovação do jogador e espera sensibilizar o líder leonino para que não condicione o rendimento da equipa com o encosto permanente do extremo. A frustração de Jesus com todo o processo ficou no desabafo aos mais próximos: “Fui almoçar com Carrillo para quê?”

Fonte: O Jogo

Partilha com os teus amigos!