Cartilha dos Sportinguistas: “Benfica teve um perdão maior do que o Sporting”

Depois de o país inteiro ficar a saber que anda a capitalizar bancos, para depois estes mesmos bancos perdoarem quase 200 milhões de euros ao Sporting em apenas 2 anos, os “cartilheiros” de Alvalade logo vieram tentar lançar mais areia para os olhos dos adeptos.

Então dizem eles que: “O BES aceitou, de Manuel Vilarinho, um empréstimo sob penhor de 1.832.530 da SAD do Benfica. O BES acabou por vender as mesmas ao Benfica em 2017, a um valor de 1.9 milhões de euros, perdendo na operação 8.4 milhões de Euros, ou seja, o BES perdeu 77%.”

Chegam mesmo a questionar: “No caso do Sporting a banca apenas perderá 70%. Quem é que recebeu o maior perdão mesmo?”

Para qualquer pessoa com a 2ª classe (alguns até menos, quando aprendem a contar…), 200 milhões é mais do que 8,4 milhões, sejam quais forem as percentagens envolvidas, mas já que gostam de percentagens, O PERDÃO DO SPORTING É “SÓ” 2380% (23,8 vezes) SUPERIOR ao que alegadamente foi feito ao Benfica, e o assunto podia terminar logo aqui, mas não.

Acontece que o BES na altura, era um banco privado, não era capitalizado pelos contribuintes, e mais…o empréstimo foi concedido a Manuel Vilarinho e não ao Benfica (dá para perceber a diferença???). O Benfica limitou-se a comprar essas acções mais tarde, pois o BES não tinha interesse neles, e além disso estava quase na falência.

Ás vezes parece que nem lêem o que escrevem…só querem mandar palha para os adeptos. As acções eram de Vilarinho não do Benfica, logo foi um empréstimo pessoal e não ao clube, na altura o BES era totalmente privado, agora o NB tem sido ser capitalizado com dinheiro público…enfim, não admira que estejam como estão!

Partilha com os teus amigos!