Conceição com grande AZIA lança críticas à arbitragem e ao Marítimo

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em declarações após o empate com o Marítimo lançou duras críticas à arbitragem, mas também aos madeirenses, que acusou de fazerem “anti-jogo”, continuando também a queixar-se do relvado.

“Faltou fazer golos nas oportunidades que tivemos. Tivemos oportunidades para ganhar por mais do que a diferença mínima. Jogo? Foi mais faltas do que jogo. Depois querem que as equipas joguem bem e que proporcionem bons espectáculos. É inadmissível o estado do relvado: encharcado… os jogadores nem se aguentavam em pé. Na Madeira está bom tempo há três ou quatro dias: 27 graus. É inexplicável.”, começou por dizer.

“A forma como o adversário tentou de todas as formas levar um pontinho foi incrível: e o árbitro deixou…(…) Às vezes parece-me que querem ser mais papistas do que o papa. Foi um espectáculo muito pobre. Na primeira parte tivemos quatro oportunidades claras, o adversário fez o golo num remate que fez. Precisamos dos adeptos connosco. Ninguém ganha um campeonato facilmente”, rematou.

Partilha com os teus amigos!