Francisco J. Marques avança que FCP vai mover queixa contra o Estado Português

O director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, garantiu ao jornal Público que o clube vai apresentar uma queixa contra o Estado português no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Em causa está uma decisão do Supremo Tribunal Administrativo, obrigando a SAD do FC Porto a pagar multa no valor de 15.300 euros, que lhe tinha sido aplicada pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por considerar que o clube ofendeu um árbitro numa newsletter oficial.

O texto colocava em causa a imparcialidade do videoarbitro (VAR) num jogo entre o Feirense e o Benfica, disputado em abril do ano passado, sugerindo que tinha favorecido o clube da Luz.

Fonte: abola.pt

Partilha com os teus amigos!