Record fala em “toque de classe”, para descrever o penálti que Bruno Fernandes marcou

Bruno Fernandes “marcou com um toque de classe” (diz o jornal do clube), o primeiro golo da pré-época do Sporting, enganando o guarda-redes do Rapperswil. Quem esteja distraído pode até ficar com a ideia que terá sido uma grande jogada, ou um remate de longe, colocado, mas não…e por isso três questões se levantam:

  • Mais uma vez o jornal do clube dá destaque a um golo de penálti, será que o “craque dos leões” merece destaque por marcar um golo de penálti?
  • Será que alguém merece destaque por marcar um golo de penálti?
  • Quem é o Rapperswil?

São os mesmos, adeptos e jornaleiros-adeptos, que hoje desvalorizaram um golo do “meio da rua” de João Félix, que agora dão destaque a Bruno Fernandes. Para nós, fica cada vez mais claro porque um vale 120 milhões, e outro nem propostas tem.

Partilha com os teus amigos!