Samaris: “Coentrão desrespeitou o Benfica”

Andreas Samaris recorda o desentendimento com Fábio Coentrão no último Rio Ave-Benfica. “O comportamento dele não foi uma surpresa para mim. Houve um passado, provocou-me várias vezes, ao intervalo disse umas coisas que não posso dizer publicamente. Desrespeitou, com palavras, o clube, e é uma coisa que eu não aceito, e conhecendo os meus colegas ninguém aceita isso”, refere o internacional grego do Benfica, defendendo que “todos os jogadores que têm um passado no Benfica têm de o respeitar”.

A dada altura Samaris deixou mesmo Coentrão de mão estendida e Coentrão baixou-lhe os calções, junto à bandeirola de canto. “Como não tenho respeito por aquilo que ele fez, achei que não devia dar-lhe a mão. Não estou a dizer que a minha atitude tenha sido correta, mas é a minha verdade, e foi o que senti na altura”, justifica o grego.

coentraosamaris

Partilha com os teus amigos!