Tribunal Administrativo anula multa e dá razão ao Benfica

O Tribunal Central Administrativo Sul deu veio dar razão ao Benfica, sobre uma multa aplicada ao clube pelo Conselho de Disciplina da FPF, relativa a incidentes registados no clássico com o FC Porto, realizado a 15 Abril de 2018, anulando portanto a dita multa.

O Benfica tinha sido punido com multa de 8.645 euros, recorreu ao Pleno do Conselho de Disciplina e ao Tribunal Arbitral do Desporto, que recusaram as alegações do recurso.

O Benfica recorreu para instâncias superiores, e agora foi a vez do Tribunal Central Administrativo do Sul se pronunciar, e ilibou o clube pelos problemas provocados pelos adeptos no referido jogo:

“é inconstitucional considerar que, com base em relatórios da equipa de arbitragem ou do delegado da Liga, sócios ou simpatizantes de um clube praticaram condutas social ou desportivamente incorrectas é suficiente para, sem mais, dar como provado que essas condutas se ficaram a dever à culposa abstenção de medidas de prevenção de comportamentos dessa natureza por parte desse clube, pois na prática, significa impor ao clube uma responsabilidade objectiva por facto de outrem”, pode ler-se na decisão do tribunal.

Partilha com os teus amigos!