FC Porto: “O adversário justo seria o Famalicão”

O FC Porto carimbou a passagem para a final do Jamor, onde vai encontrar o rival Benfica. Tal como tem sido habitual, para desbloquearem o marcador precisaram de um “empurrãozinho” (ver aqui), isto apesar de após isso, terem marcado mais dois tentos.

Certo é que até ao penálti o jogo estava muito equilibrado, com o FCP a não ter ideias para criar situações de golo na área do Académico de Viseu. Após a conversão da grande penalidade, notou-se alguma desorientação do Viseu, que resultou em mais dois golos dos azuis e brancos.

Com um rol de casos que vem deste a pré-época (ver aqui), e que tem sido uma constante em jogos do Porto (inclusive com árbitros a admitirem erros, e a continuarem a ser nomeados para apitar jogos deles), ainda assim considera o clube azul e branco, que quem era merecedor de estar na final era o Famalicão e não o Benfica.

Na newsletter ‘Dragões Diário’, o clube do norte considera que “a final do Estádio de Oeiras só acontece daqui a mais de três meses, mas a tanta distância já está ferida na verdade desportiva. O adversário do FC Porto será o Benfica, e não, como seria justo, o Famalicão”.

“O Benfica, recorde-se, beneficiou de vários erros graves de arbitragem para se qualificarem, ao ponto de um dos golos decisivos da eliminatória ter sido marcado por um jogador que antes deveria ter sido expu1so (Gabriel)”, acrescenta o FC Porto.

Recorde aqui alguns lances do #PortoAoColo, dos quais o FCP não fala no “Dragões Diário”, e que não só lhes permite estar na final, mas também a 4 pontos do líder do campeonato, quando a sua posição justa seria a disputar o 3º lugar com o Sporting.

Fonte: informamais.pt

Partilha com os teus amigos!