Rui Gomes da Silva: “Vinicius nunca jogará a sério no Benfica”

Rui Gomes da Silva, antigo vice-presidente do Benfica e candidato assumido às próximas eleições do clube da Luz, criticou no passado mês de Setembro as contratações do Benfica. O ex-dirigente fez “contas” e chegou a afirmar que João Félix foi vendido “por 48 milhões”.

“Se aos 120 milhões de venda de João Félix retirarmos 12 para Jorge Mendes, 20 por RDT que não precisaríamos, 17 por Vinicius que nunca jogará a sério no Benfica, 2,5 por Cadiz que nunca jogará no Benfica, 3,95 (de comissões destas compras, algumas, como a de Vinicius, que são uma vergonha) […] Isto é, vendemos na prática João Félix por 48 milhões”, afirmou.

O problema é que Vinicius ontem tornou a “bisar” (ver aqui) só em 2 partidas marcou 4 golos (5 se contarmos com o que Veríssimo lhe roubou, aqui), e já se juntou aos melhores marcadores da competição, sem precisar de penáltis como o “melhor jogador da Liga e arredores”, Bruno Fernandes.

Pela mesma ordem de ideias poderíamos nós agora estar a dizer que não tardará o Vinicius a valer 100 milhões, e nesse caso “na prática vendemos o João Félix por 148 milhões”, mas não o vamos fazer porque não adivinhamos o dia de amanhã.

Rui Gomes da Silva não tem azar, Rui Gomes da Silva o que faz é previsões como aquelas previsões do apocalipse que aparecem todos os anos, vai mandando umas para o ar na esperança de um dia acertar para poder dizer “eu avisei”. Ainda não foi desta vez que acertou.

Partilha com os teus amigos!